CREA-DF
Quinta, 03 Maio 2018 17:50

Crea-DF marca presença no IV Congresso Multidisciplinar de Ciência e Tecnologia da UNIP

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)


Do dia 23 à 27 de abril aconteceu na Universidade Paulista de Brasília (UNIP), no Teatro Ulisses Guimarães, na 913 sul, o “IV Congresso Multidisciplinar de Ciência e Tecnologia”, destinado a todos os profissionais e estudantes da área. 

De acordo com o coordenador do curso de Engenharia Civil da Universidade, que também é conselheiro do Crea-DF, engenheiro Luiz Soares Correia,  participar desse evento é uma experiência muito enriquecedora. “O Congresso é uma oportunidade aos estudantes e profissionais da área. Os conteúdos em debate são de grande relevância, dando a oportunidade aos estudantes de ter seu conhecimento atualizado, além do contato com outros profissionais”, disse Luiz Correia.

O Crea-DF esteve presente na Mesa de Debates sobre as Expectativas do Crescimento e Inovação da Construção Civil e Infraestruturas, que aconteceu no penúltimo dia (26/04) do Congresso. Representando o Conselho, a presidente Fátima Có esteve na mesa participando junto com o senador Helio José, com o deputado federal, Izalzi Lucas e com a deputada distrital, Celina Leão.

“O debate foi amplo e produtivo”, disse a presidente do Crea-DF que iniciou sua fala apresentando o Conselho, falou sobre a importância que o Crea-DF tem para a proteção a sociedade e se propôs a contribuir com as Instituições de Ensino Superior e seus projetos. Durante o debate a presidente foi questionada se um engenheiro tem a mesma capacidade teórica e pratica para executar projeto arquitetônico com apenas 1 semestre da matéria durante a faculdade, e acerca do PL 9818 que tramita na Câmara dos Deputados, sobre o Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU) de definir área de atuação privativa dos arquitetos e urbanistas e áreas de atuação compartilhada, pelo estudante Lucas, do curso de arquitetura.

 “Por estar a 40 anos na profissão que respondo com muita tranquilidade, o Sistema infelizmente perdeu muito tempo nas discussões internas entre as profissões as que representamos, inclusive arquitetura na época, e com isso externamente perdíamos espaços para pessoas leigas. O engenheiro está sim habilitado a fazer projeto arquitetônico, pois o engenheiro estuda e se prepara para tal. Quanto ao PL o que está sendo questionado é que o CAU não pode é colocar atividades exclusivas de arquitetos, sendo que muitos outros profissionais estão habilitados para executar”, defendeu Fátima.

O estudante do 5º ano de engenharia civil, Leandro Lucio falou da importância do evento. “A feira mostrou além dos projetos apresentados, que a instituição está buscando meios para que o estudante aproveite as horas complementares com a população que carece de meios para obter serviços voltados à área de engenharia. E destacou a importância do Crea-DF. “A presença do Crea-DF nos deixa confiante pois foi mostrado além de capacidade técnica e profissional, interesse e preocupação com os estudantes”, finalizou Leandro.

Última modificação em Sexta, 18 Maio 2018 18:24

Meus itens